+ Liberdade de Expressão

Cuba: Prisioneiro Orlando Zapata morto; jornalista Yoani Sanchez sem telefone

with one comment

Morre o preso político cubano Orlando Zapata

France Presse
Publicação: 23/02/2010 20:19 Atualização: 23/02/2010 20:55

O preso político cubano Orlando Zapata Tamayo morreu nesta terça-feira (23/2) às 13h (18h GMT) no hospital Hermanos Ameijeiras, da capital, onde estava internado, informou à AFP uma funcionária do centro médico.

Zapata, de 42 anos, havia sido trasladado na noite de segunda-feira (22/2) do hospital do presídio Combinado del Este, de Havana, ao Hermanos Ameijeiras, devido a seu estado de saúde “muito grave”, segundo a Comissão Cubana de Direitos Humanos e Reconciliação Nacional (CCDHRN).

Preso desde março de 2003, realizou uma prolongada greve de fome, em protesto pelas condições carcerárias, que deterioram sua saúde, afirmava.

Segundo a CCDHRN ele é o primeiro preso político cubano a morrer na prisão desde a década de 70.

Zapata era um dos 65 cubanos considerados presos de consciência pela Anistia Internacional, havia sido inicialmente sentenciado a três anos de prisão, mas sucessivas condenações, por outros motivos, elevaram a pena a mais de 25 anos, disseram fontes da dissidência.

O Governo cubano não reconhece a existência de presos políticos no país – uns 200, segundo a dissidência – pois os considera “mercenários” a serviço dos Estados Unidos.

Fonte: Correio Braziliense

* * *

Protesto
 
Preso político cubano morre após 85 dias de greve de fome; oposição declara luto nacional

Publicada em 23/02/2010 às 21h18m

O Globo
Agências internacionais

HAVANA – Um preso político cubano adotado pela Anistia Internacional morreu nesta terça-feira após 85 dias de greve de fome em reivindicação por melhores condições de detenção, disseram ativistas. Orlando Zapata Tamayo, de 44 anos, morreu em um hospital de Havana para onde foi levado às pressas na noite de segunda-feira, quando foi registrada piora em seu estado de saúde, disse Laura Pollán, do grupo de mulheres de presos políticos Damas de Branco.

– Ele faleceu por volta das 16h (horário local). Orlando Morreu em consequência da greve de fome – disse ela.

O quadro clínico que causou a morte do ativista não foi esclarecido imediatamente.

Em resposta à notícia do falecimento de Orlando, a blogueira cubana Yoani Sanchez, postou em seu twitter:

“Às vésperas do 2º aniversário da chegada de Raúl Castro ao poder, morre Orlando Zapata Tamayo. Decretamos luto nacional!”.

Um dos principais nomes da oposição ao governo cubano hoje em dia, a jornalista acusou as autoridades de tentar sufocar a repercussão sobre a morte do político.

“Meu telefone de casa está mudo. Uma maneira de evitar que a indignação gerada pela morte de Zapata Tamayo reverbere”.

Fonte: O Globo 

Links relacionados:

Twitter de Yoani Sanchez: http://twitter.com/yoanisanchez 

Twitter de Liberdade de Expressão: http://twitter.com/livrexpress 

Mais: http://twitter.com/NotiCuba , http://twitter.com/DirectorioCuba , http://twitter.com/freecubafndtn , http://twitter.com/BlogsEnCuba

Uma resposta

Subscribe to comments with RSS.

  1. […] https://liberdadeexpressao.wordpress.com/2010/02/24/cuba-prisioneiro-orlando-zapata-morto-jornalista- … Cuba: Prisioneiro Orlando Zapata morto; jornalista Yoani Sanchez sem telefone. fazer um comentário […]


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: