+ Liberdade de Expressão

Archive for fevereiro 2010

Instituto Millenium realiza 1º Fórum Democracia e Liberdade de Expressão

with one comment

Do Comunismo nunca mais:

Instituto Millenium realiza 1º Fórum Democracia e Liberdade de Expressão

A liberdade de expressão está sendo constantemente ameaçada no Brasil e, especialmente, em alguns países vizinhos da América Latina. Infelizmente, muitas pessoas desconhecem o fato de que sem liberdade de expressão e de imprensa não existe uma democracia plena e madura.  Dessa forma, o Instituto Millenium, que tem a missão de promover a democracia, a economia de mercado, o estado de direito e a liberdade, está organizando o 1o. Fórum Democracia e Liberdade de Expressão justamente para debater as ameaças à liberdade de expressão e, consequentemente, à democracia. 

O objetivo desse evento, portanto, é mostrar todos os pilares que sustentam a liberdade de expressão, o impacto da ausência desse valor na democracia e no estado de direito, bem como a necessidade de se criar mecanismos para que nenhum governo possa violar esse importante direito. Nossos eventos são dirigidos para jornalistas, formadores de opinião, acadêmicos e empresários, sempre tendo uma atitude positiva e propositiva para impulsionar a prosperidade e o desenvolvimento humano do Brasil.    

O Instituto Millenium é formado por jornalistas, intelectuais, acadêmicos, executivos e empresários que estão comprometidos com os valores acima referidos e com a nossa Carta de Princípios. É mantido por doações de pessoas físicas e jurídicas de direito privado, e não aceita verbas públicas… O “1º Fórum Democracia e Liberdade de Expressão” será realizado no dia 1º de março de 2010, das 9h às 19h, no Hotel Golden Tulip Paulista Plaza, em São Paulo.

 
Palestrantes:
Adrián Ventura
Jornalista argentino. Colunista do jornal “La Nación”
Amaury de Souza
Cientista político, sócio-diretor da Techne e da MCM Consultores Associados e autor de “A agenda Internacional do Brasil: A política externa brasileira de FHC a Lula” (Campus, 2009).
Arnaldo Jabor
Cineasta e comentarista da TV Globo e da rádio CBN. Autor de “Amor é prosa, sexo é poesia: crônicas afetivas” (Objetiva, 2004) e “Amigos ouvintes” (Globo, 2009).
Carlos Alberto Di Franco
Doutor em Comunicação pela Universidade de Navarra, professor de Ética, diretor do Master em Jornalismo e da Di Franco-Consultoria em Estratégia de Mídia.
Carlos Alberto Sardenberg
Jornalista, comentarista econômico da TV Globo e âncora da rádio CBN.
Carlos Vera
Jornalista equatoriano. Autor do livro “¡Nunca mordaza!” (Paradiso Editores)
Demétrio Magnoli
Sociólogo, doutor em Geografia Humana pela USP e colunista dos jornais “O Estado de S. Paulo” e “O Globo”. É autor dos livros “O mundo contemporâneo” (Saraiva, 2004), “História das guerras” (Contexto, 2006) e “Uma gota de sangue” (Contexto, 2009).
Denis Rosenfield
Filósofo, professor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e doutor em Estado pela Universidade de Paris. É articulista do jornal “O Estado de S. Paulo” e editor da revista “Filosofia Política”.
Fernando Gabeira
Escritor, jornalista e deputado federal
Luis Erlanger
Jornalista e diretor da Central Globo de Comunicação.
Marcel Granier
Presidente da emissora venezuelana RCTV (Rádio Caracas Televisão).
Marcelo Madureira
Humorista e integrante do grupo “Casseta & Planeta”.
Miro Teixeira
Advogado, jornalista, ex-ministro das Comunicações e deputado federal
Reinaldo Azevedo
Jornalista e articulista da “Veja”. É autor dos livros “O país dos petralhas” (Record, 2008) e “Máximas de um país mínimo” (Record, 2009).
Roberto Romano
Professor de Ética e Filosofia Política da Unicamp. Autor dos livros “O caldeirão de Medéia” (Perspectiva, 2001), “Moral e Ciência – a monstruosidade no século XVIII” (Senac, 2002) e “O desafio do Islã e outros desafios” (Perspectiva, 2005).
Sidnei Basile
Jornalista e vice-presidente de Relações Institucionais do Grupo Abril. É autor de “A ética e o caminho das pedras – elementos de jornalismo econômico” (Negócio Editora/Campus, 2002).
Tonico Ferreira
É jornalista da TV Globo.
 

Leia mais

Fonte:  http://comunismonuncamais.blogspot.com/2010/02/instituto-millenium-realiza-1-forum.html 

Mais informações:

Organização do evento – http://www.libermaneventos.com.br/clientes/forum/ 

Instituto Millenium – http://www.imil.org.br

Movimento pela Liberdade faz passeata domingo no Rio, contra o PNDH-3

leave a comment »

Manifestação contra o PNDH-3 e pela Liberdade - Texto: Rodrigo Constantino; Arte: Filipe Celeti (clique para ampliar)

Manifestação contra o PNDH-3 e pela Liberdade - Texto: Rodrigo Constantino; Arte: Filipe Celeti (clique para ampliar)

De:  Ordem Livre / Movimento pela Liberdade

Movimento pela Liberdade faz passeata domingo no Rio

23 de Fevereiro de 2010 por Bruno Garschagen

Para as pessoas de bem que estarão no Rio de Janeiro no próximo domingo, dia 28, um convite: o Movimento pela Liberdade fará uma passeata contra o terceiro Plano Nacional do Direitos Humanos (PNDH-3), criado pelo governo federal. A manifestação inicia a caminhada no início da praia do Leblon.

O movimento visa juntar pessoas indignadas com mais esta tentativa de invasão à nossa liberdade que é o PNDH-3, um projeto que visa relativizar ainda mais o direito à propriedade privada, a volta da censura, o aumento da segregação racial, o julgamento por um tribunal parcial e aparelhado de apenas uma das partes que cometeram crimes durante a ditadura, deixando a outra parcela de criminosos impunes, entre outras tantas aberrações.

O manifesto pode ser lido aqui.

Fica o convite e o alerta do inglês Edmund Burke, acertadamente inserido no final do documento: “Para o triunfo do mal, basta que as pessoas de bem nada façam”.

Fonte: http://www.ordemlivre.org/blog/?p=913 

Mais no blog Movimento pela Liberdade:

Fontes:

Ordem Livre – http://www.ordemlivre.org

Movimento Pela Liberdade – http://contrapndh3.blogspot.com 

* * *

MAIS:

Vídeo: Rodrigo Constantino alerta sobre a ameaça totalitária do PNDH-3 e convida para protesto no RJ.

Abaixo a Ditadura
 
Convocação para uma passeata no dia 28 de fevereiro, às 10h no começo da praia do Leblon, contra esse programa autoritário chamado PNDH-3. Vamos dar um basta a esta tentativa do governo de colocar o Brasil no caminho da servidão que se encontra a Venezuela.
 
constantinorodrigo
4 de fevereiro de 2010
   

http://www.youtube.com/watch?v=U_ByGhvZD00

 
Passeata pela Liberdade
 
Domingo, dia 28 de fevereiro, 10h no começo da praia do Leblon (perto da Av Niemeyer), vamos protestar contra o PNDH-3 e pelas liberdades individuais. “Para o triunfo do mal, basta que as pessoas de bem nada façam”.
 
constantinorodrigo
24 de fevereiro de 2010
  

http://www.youtube.com/watch?v=0rUauz6dd7U

Panfleto contra o PNDH-3: http://rodrigoconstantino.blogspot.com/2010/02/panfleto-contra-o-pndh-3.html 

* * *
 
Para saber mais sobre o PNDH-3, Confecom e outras ameaças à liberdade e à democracia:

LIBERDADE DE EXPRESSÃO

https://liberdadeexpressao.wordpress.com
http://liberdadedeexpressao.multiply.com
http://twitter.com/livrexpress 

 

RJ: Manifestação contra o PNDH-3, domingo 28/02/2010

leave a comment »

Canção Nova Notícias  

Quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010, 15h58

RJ terá manifestação contra Programa Nacional de Direitos Humanos

Da Redação, com agências

 

Uma passeata contra a aprovação do Programa Nacional de Direitos Humanos (PNDH-3), do governo federal, deve movimentar o Rio de Janeiro no próximo domingo, 28. A mobilização está marcada para começar às 10h, com reunião dos manifestantes na Praia do Leblon, próximo à Avenida Niemeyer.

A organização fica por conta do Movimento pela Liberdade.

Os organizadores destacam que a passeata é apartidária. “Contra este programa de ‘direitos humanos’ que representa, na verdade, o caminho da servidão. […] Vamos nos reunir e realizar uma marcha pacífica contra esta tentativa de golpe autoritário. Abaixo a ditadura! Viva a liberdade!”, de acordo com o manifesto divulgado por um dos organizadores da iniciativa, o economista, colunista e escritor Rodrigo Constantino.

Leia o manifesto na íntegra

“Quem espera que o diabo ande pelo mundo com chifres será sempre sua presa” (Schopenhauer)

Todos conhecem a máxima de que o caminho para o inferno está cheio de boas intenções. Nada se aplica tão bem ao caso do Terceiro Programa Nacional de Direitos Humanos (PNDH-3), proposto por grupos de esquerda e assinado pelo governo Lula. Trata-se de um programa que propõe diretrizes ao governo, que aparentam um fim nobre, mas pode levar o país rumo a uma ditadura. Por baixo da embalagem bonita, jaz uma concentração absurda de poder no governo, com a contrapartida da redução drástica das liberdades individuais.

Em meio a diretrizes vagas e ambíguas, encontram-se determinadas metas claramente autoritárias. Os eufemismos utilizados para ocultá-las não resistem a uma reflexão mais séria. Em nome dos direitos humanos, toda uma gama de medidas é proposta, cujo resultado prático seria justamente a perda dos mais básicos direitos humanos. A retórica não é capaz de produzir resultados concretos desejados. Se bastasse o decreto do governo para acabar com os males da humanidade, os países com maior intervenção estatal seriam paraísos terrestres; ocorre justamente o contrário na realidade.

Após dissecar o documento todo, o que salta aos olhos é uma clara escalada da intervenção do Estado em nossas vidas. “Desenvolvimento sustentável”, “responsabilidade social”, “reforma agrária”, “diversidade cultural”, todas são expressões belas, mas que na prática não dizem muita coisa objetiva. Tamanha arbitrariedade serve apenas para concentrar um poder enorme nas mãos dos burocratas do governo, quase sempre produzindo um resultado oposto àquele intencionado. Eis alguns pontos preocupantes do PNDH-3:

• Estimular a democracia direta: na realidade, isso representa o fim da democracia representativa, substituindo-a por plebiscitos manipulados por minorias organizadas ligadas ao governo, como ocorre na Venezuela;
• Controle social dos meios de comunicação: um claro eufemismo para censura e controle de imprensa, como faziam os conselhos na falida União Soviética, matando de vez a liberdade de expressão e o direito de escolha dos consumidores;
• Criação da Comissão da Verdade: no fundo, trata-se de uma tentativa escancarada de reescrever a história brasileira, transformando terroristas que lutavam pela ditadura comunista em heróis que lutavam pela democracia;
• Expansão do Bolsa-Família: mais impostos sobre a classe média para financiar o maior programa de compra de votos já visto neste país, que cria dependência em vez de dar dignidade através do trabalho;
• Avançar a reforma agrária: os assentamentos do MST viraram verdadeiras favelas rurais, cada vez mais dependentes de verbas públicas para sobreviver;
• Atualizar o índice de eficiência na exploração agrária: se o agricultor não atingir metas de produtividade arbitrariamente definidas pelo governo, ele poderá perder suas terras, um claro desrespeito ao direito de propriedade privada;
• Políticas públicas de economia solidária: na prática, mais intervenção econômica, com o governo decidindo arbitrariamente quem ganha, em vez dos próprios consumidores fazerem isso por meio de trocas voluntárias;
• Criar um imposto sobre grandes fortunas: o efeito prático desta medida populista seria afugentar o capital do país, reduzindo a quantidade de novos empregos criados;
• Estimular e aumentar programas de distribuição de renda: quando o governo concentra poder para distribuir renda, o resultado concreto é uma maior concentração de renda também, como se pode verificar em Brasília, que tem de longe a maior renda per capita do país, produzindo basicamente leis e corrupção;
• Fomentar ações afirmativas para negros e índios: as cotas raciais acabam segregando o país em “raças”, o que estimula o próprio racismo e desrespeita a Constituição, que claramente prega a igualdade perante as leis;

Existem outros pontos relevantes, mas com estes listados acima já se pode ter uma idéia dos riscos que as liberdades individuais correm com o PNDH-3. No fundo, este projeto significa transformar o Brasil numa grande Venezuela, onde o caudilho Hugo Chávez concentra cada vez mais poder em nome da “justiça social”, com um resultado terrível para seu povo. Os verdadeiros direitos humanos são garantir a propriedade privada, as liberdades individuais básicas, o direito de cada um buscar sua própria felicidade sem a coerção do Estado. Justamente o contrário daquilo pregado pelo PNDH-3, que trata cada um de nós como um idiota que necessita da tutela estatal para tudo, sem capacidade de assumir a responsabilidade pelos rumos da própria vida.

Vamos dar um basta a mais esta tentativa de nos transformar em rebanho bovino que precisa obedecer cegamente seu pastor, o “sábio” governo. Vamos mostrar que desejamos liberdade, e que lutaremos por ela. Não vamos aceitar passivamente esta ditadura velada, disfarçada com belas palavras. “Para o triunfo do mal, basta que as pessoas de bem nada façam”, alertou Edmund Burke. Vamos reagir!

Por isso, contamos com sua presença na passeata que estamos organizando, apartidária, contra este programa de “direitos humanos” que representa, na verdade, o caminho da servidão. No dia 28 de fevereiro, domingo que vem, às 10h, no começo da praia do Leblon, próximo da Av. Niemeyer, vamos nos reunir e realizar uma marcha pacífica contra esta tentativa de golpe autoritário. Abaixo a ditadura! Viva a liberdade!

Acesse os documentos
.: Programa Nacional de Direitos Humanos (PNDH-3)
.: Nota de esclarecimento da Sedh sobre o PNDH-3
 .: CNBB pede mais diálogo sobre Programa Nacional de Direitos Humanos
.: Bispos rejeitam 3º Programa Nacional de Direitos Humanos
.: Magistrados são contra o Programa Nacional de Direitos Humanos

Leia mais
.: Aborto será modificado no texto do Programa de Direitos Humanos
.: Programa de Direitos Humanos exige mais diálogo, dizem estudiosos
.: Programa de Direitos Humanos é “desumano”, afirma jurista
.: Procuradoria mantém símbolos religiosos em repartições públicas
.: Cardeal de SP comemora permanência de símbolos religiosos
.: Juiz evangélico defende crucifixos em repartições públicas
.: Ação para retirada de símbolos religiosos é exagero, diz Mendes
 .: Retirada de símbolos religiosos de locais públicos divide opiniões
.: Cardeal estranha pedido de retirada de símbolos religiosos

Siga o Canção Nova Notícias no twitter.com/cnnoticias
Conteúdo acessível também pelo iPhone – iphone.cancaonova.com
 

Tags: direitos humanos símbolos religiosos CNBB noticias cancaonova Canção Nova

Conteúdo relacionado

» Senador diz que Programa é “balaio de temas conflitantes”
» Senadores vão discutir descriminalização do aborto
» CNBB e governo discutem Programa de Direitos Humanos
» Bispos rejeitam 3º Programa Nacional de Direitos Humanos
» Comissão da Câmara discute Programa Nacional de Direitos Humanos

» veja mais notícias

Fonte: http://noticias.cancaonova.com/noticia.php?id=275600 

Canção Nova – http://noticias.cancaonova.comhttp://www.cancaonova.com

Cuba: Prisioneiro Orlando Zapata morto; jornalista Yoani Sanchez sem telefone

with one comment

Morre o preso político cubano Orlando Zapata

France Presse
Publicação: 23/02/2010 20:19 Atualização: 23/02/2010 20:55

O preso político cubano Orlando Zapata Tamayo morreu nesta terça-feira (23/2) às 13h (18h GMT) no hospital Hermanos Ameijeiras, da capital, onde estava internado, informou à AFP uma funcionária do centro médico.

Zapata, de 42 anos, havia sido trasladado na noite de segunda-feira (22/2) do hospital do presídio Combinado del Este, de Havana, ao Hermanos Ameijeiras, devido a seu estado de saúde “muito grave”, segundo a Comissão Cubana de Direitos Humanos e Reconciliação Nacional (CCDHRN).

Preso desde março de 2003, realizou uma prolongada greve de fome, em protesto pelas condições carcerárias, que deterioram sua saúde, afirmava.

Segundo a CCDHRN ele é o primeiro preso político cubano a morrer na prisão desde a década de 70.

Zapata era um dos 65 cubanos considerados presos de consciência pela Anistia Internacional, havia sido inicialmente sentenciado a três anos de prisão, mas sucessivas condenações, por outros motivos, elevaram a pena a mais de 25 anos, disseram fontes da dissidência.

O Governo cubano não reconhece a existência de presos políticos no país – uns 200, segundo a dissidência – pois os considera “mercenários” a serviço dos Estados Unidos.

Fonte: Correio Braziliense

* * *

Protesto
 
Preso político cubano morre após 85 dias de greve de fome; oposição declara luto nacional

Publicada em 23/02/2010 às 21h18m

O Globo
Agências internacionais

HAVANA – Um preso político cubano adotado pela Anistia Internacional morreu nesta terça-feira após 85 dias de greve de fome em reivindicação por melhores condições de detenção, disseram ativistas. Orlando Zapata Tamayo, de 44 anos, morreu em um hospital de Havana para onde foi levado às pressas na noite de segunda-feira, quando foi registrada piora em seu estado de saúde, disse Laura Pollán, do grupo de mulheres de presos políticos Damas de Branco.

– Ele faleceu por volta das 16h (horário local). Orlando Morreu em consequência da greve de fome – disse ela.

O quadro clínico que causou a morte do ativista não foi esclarecido imediatamente.

Em resposta à notícia do falecimento de Orlando, a blogueira cubana Yoani Sanchez, postou em seu twitter:

“Às vésperas do 2º aniversário da chegada de Raúl Castro ao poder, morre Orlando Zapata Tamayo. Decretamos luto nacional!”.

Um dos principais nomes da oposição ao governo cubano hoje em dia, a jornalista acusou as autoridades de tentar sufocar a repercussão sobre a morte do político.

“Meu telefone de casa está mudo. Uma maneira de evitar que a indignação gerada pela morte de Zapata Tamayo reverbere”.

Fonte: O Globo 

Links relacionados:

Twitter de Yoani Sanchez: http://twitter.com/yoanisanchez 

Twitter de Liberdade de Expressão: http://twitter.com/livrexpress 

Mais: http://twitter.com/NotiCuba , http://twitter.com/DirectorioCuba , http://twitter.com/freecubafndtn , http://twitter.com/BlogsEnCuba

Cuba: Morre preso político Orlando Zapata Tamayo

leave a comment »

http://twitter.com/livrexpress

Cuba: Prisioneiro de consciência Orlando Zapata Tamayo acaba de morrer.

http://twitter.com/livrexpress/status/9544653708

 

LiberdadeDeExpressao

livrexpress

  1. RT @freecubafndtn: Amnesty Int’l prisoner of conscience Orlando Zapata Tamayo died after 82 days on hungerstrike protesting for human ri 35 minutes ago via web
  2. RT @NotiCuba: RT @miriamcelaya Han cortado el telefono de Yoani. Condenemos la impunidad del gobierno cubano ante la muerte de Zapata Ta 40 minutes ago via web
  3. Cuba: Prisioneiro de consciência Orlando Zapata Tamayo acaba de morrer. ~ via @DirectorioCuba #OZT #Cuba about 1 hour ago via web
  4. RT @AramisLPerez: #Cuba prisoner of conscience Orlando Zapata Tamayo has died because the Castro regime refused to guarantee his basic r about 1 hour ago via web
  5. RT @DirectorioCuba: Recibimos noticia de la muerte de Orlando Zapata Tamayo, asesinado por el regimen castrista. Que descanse en paz. No about 1 hour ago via web
  6. Blogs: http://clubedosterroristas.blogspot.com http://clubedosassassinos.blogspot.com http://exercitobrasileirogay.blogspot.com about 2 hours ago via web
  7. RT @Maropomo: O que gerou melhores resultados no combate à ditadura, os crimes dos terroristas ou os diálogos dos democratas (Ulysses,Vi about 2 hours ago via web
  8. RT @MarcibelLoo: Cuban prisoner of conscience Zapata #Tamayo feared dead or dying. Take a moment & read this-The Miami Herald http://tr. about 2 hours ago via web
  9. RT @NotiCuba: Check this video out — Derechos Humanos: Orlando Zapata agoniza http://youtu.be/_q5-wpRLDSA Havana #Cuba #Chile #USA #OZT about 2 hours ago via web
  10. RT @DilmaHussein: Comprei 15 mil edições da @Veja desse semana comigo na capa, com a verba do Gabinete. Distribuirei aos pobres. about 2 hours ago via web
  11. RT @DilmaHussein: Preciso muito da colaboração do TSE nas próximas semanas. Serão meus últimos dias como Ministra e preciso fazer muita about 2 hours ago via web
  12. RT @Maropomo: Só uma perguntinha a quem se chateia porque chamo a Terrorista de Terrorista: quem joga bombas e sequestra civis é o quê? about 2 hours ago via web
  13. @Maropomo Ficou muito legal. Muito boa homenagem ao mestre Adoniran Barbosa! http://bit.ly/aaZGUS about 2 hours ago via web in reply to Maropomo
  14. RT @johnjsuarez: Int’l press is distracted with Lula’s visit to #Cuba & Orlando Zapata Tamayo not in news & his mother’s anguish leads m about 2 hours ago via web
  15. Muito bom! RT @Maropomo http://bit.ly/aaZGUS Música minha e do Jota Lago em ref(v)erência ao centenário de Adoniran. about 2 hours ago via web
  16. RT @freecubafndtn: Sign & retweet petition calling for #Cuban prisoner of conscience Orlando Zapata Tamayo freedom now stands at 136 htt about 3 hours ago via web
  17. Carta de presos políticos cubanos al Presidente de Brasil http://cubanet.org/CNews/y2010/feb2010/22_C_8.html about 3 hours ago via web
  18. RT @KosherX: Prisioneiros políticos cubanos pedem ajuda a Lula: http://bit.ly/bE1mvL via @addthis about 3 hours ago via web
  19. RT @brazzil: Is Brazil Ready to Elect a Woman and Former Guerrilla for President? http://is.gd/8Zjqz about 3 hours ago via web
  20. Cubanos por la libertad de expresión: @NotiCuba @yoanisanchez @BlogsEnCuba + #Cuba #FreeSpeech #LibertadDeExpresion #LiberdadeDeExpressao about 3 hours ago via web
  21. @yoanisanchez http://twitpic.com/14k23d – Buen trabajo! about 3 hours ago via TwitPic
  22. RT @yoanisanchez: Por favor ayuden a recargar el movil de Reina +5352395169 la madre de Orlando Zapata Tamayo en turecarga.com que esta about 3 hours ago via web
  23. RT @yoanisanchez: Estamos tratando de contactar con la madre de Orlando Zapata Tamayo para saber el estado de su hijo, pero su teléfono about 3 hours ago via web
  24. RT @NotiCuba: RT @yoanisanchez Trasladan en estado critico a Zapata Tamayo al Hosp. CIMEQ . #Cuba #Venezuela #España #Chile #Brazil @cubania about 4 hours ago via web

Liberdade de Expressão

http://twitter.com/livrexpress

Link relacionado:

Solidaridad por Orlando Zapata Tamayo, preso político en Cuba – http://libexpresion.wordpress.com/2010/02/23/solidaridad-por-orlando-zapata-tamayo-preso-politico-en-cuba

Marchinhas de carnaval sobre o PT

with one comment

Aconteceu em 2007:

PT tenta censurar marchinha de carnaval

Bolsa-família na boca do povo

Foi um sucesso a marchinha do Bolsa-Família, do brasiliense Vasco Vasconcelos, cantada pelo cantor pernambucano Almir Rouche no 31º baile do bloco Siri na Lata, em Recife. O bloco resolveu homenageá-lo ao saber que sua canção tinha sido censurada no II Concurso de Marchinhas Carnavalescas, divulgado pelo Fantástico e patrocinado pela Petrobras e Ministério da Cultura. Quase dez mil foliões dançaram ao som da marchinha.

Claudio Humberto

Para ouvir ou fazer o download da canção em MP3, clique aqui.

Vídeo e letra:

Melô do Bolsa-Família

(Autor: Vasco Vasconcelos)

Chega de trabalho!
Basta de tanto lero-lero
Não vou mais encher minhas mãos de calo
Vou viver da bolsa do Fome Zero

Minha mulher está muito feliz
Já pediu dispensa do trabalho
Não quer mais ser uma faxineira
Pra viver dessa bolsa brasileira

Por isso canto: Obrigado, Presidente
Por o senhor ter estendido a mão
Distribuído esmola via cartão
Retribuído com a sua reeleição

Este é o país que vai pra frente
Com essa massa ociosa e contente
Vivendo na ociosidade
Ainda diz que isso é brasilidade

Por isso canto: Obrigado, Presidente
Por o senhor ter estendido a mão
Distribuído esmola via cartão
Contrariando o nosso Rei do Baião

* * *

Reação petista

Os apoiadores do PT ficaram muito indignados com a marcha que faz gozação com a bolsa família.

Recentemente (2010), os petistas passaram a divulgar uma outra canção, em apoio à sua candidata Dilma Rousseff.

Eis a letra e o vídeo:

Marchinha da Dilma

Depois do cara
A gente vota é na coroa
A gente quer
É gente boa

Depois do cara
A gente vota é na coroa
A gente quer
É gente boa

Deixa o Lulinha sair
Deixa a Dilminha entrar
Porque assim
O Brasil não vai parar

* * *

Por outro lado…

Veja a verdade sobre o passado da nossa ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff. Ou devo dizer… Companheira Estela?
(AmeacaVermelha)

* * *

E mais uma ótima e divertida marchinha sobre a Dilma:

Marchinha oficial do Pacotão 2009 – Brasília

Perereca de bigode

(Autor e intérprete: Joka Pavaroti)

Estão maquiando a Dilma
Pra enganar o povão

O Lula gritou Eureca!
Quem comeu Sapo
Engole Perereca!

Eu acho que vai dar bode
Dilma não tem barba
Mais pode ter bigode!

Eureca! Eureca!

Quem comeu sapo
Engole Perereca! (BIS)

controljr: Música do Pacotão, um bloco carnavalesco anárquico criado pelos jornalistas brasilienses ainda na época do governo militar, na década de 70. Suas marchinhas sempre abordam com irreverência, bom humor e crítica, temas políticos do momento.
Andava meio sem motivação nos útimos anos, mas parece que o nosso ínclito apedeuta acordou a turma..
Autor e interpréte: Joka Pavaroti

 

 

 

Fontes: YouTube (1, 2, 3, 4, 56); Instituto Millenium; Brasil, um País de Tolos (1, 2, 3)

Funk e rap estão proibidos no carnaval de São Lourenço, MG

with 7 comments

Jornal da Globo informa que José Neto, prefeito e dono de um dos maiores hotéis da cidade, proibiu canções que incitem a violência ou o desrespeito às autoridades. Quem for surpreendido ouvindo funk ou rap durante os dias de carnaval vai ter que desligar o som, ou vai parar na delegacia por crime de desobediência. O crime pode render até seis meses de prisão.

Matéria do Jornal da Globo, edição de 11/02/10:

11/02/10 – 23h59 – Atualizado em 12/02/10 – 03h49

Funk e rap estão proibidos em carnaval de cidade mineira

O prefeito de São Lourenço, no sul de Minas, proibiu funk e rap no carnaval. Quem desafiar a ordem, pode parar na cadeia.

O funk faz o corpo mexer, mas mexe também em um vespeiro, porque está longe de ser unanimidade. 

“Mulher está se exibindo, está sendo vulgar”, disse uma jovem. 

“Eu curto, eu gosto, eu acho legal”, destacou outra jovem. 

O prefeito de São Lourenço, uma estância hidromineral no sul de Minas, entrou em cruzada. Ele baniu não só o funk, mas também o rap neste carnaval. Folia só com músicas que não incitem a violência ou o desrepeito às autoridades. 

A decisão do prefeito de São Lourenço foi tomada com apoio da Polícia Militar e da Justiça. Um dos objetivos é resgatar as marchinhas tradicionais do carnaval. 

O prefeito suspeita que o funk e o rap sejam uma ameaça aos foliões.

“São movimentos de massa muito condensados que exigem uma estrutura melhor de coordenação e controle de segurança que não podemos adotar no carnaval”, declarou o prefeito de São Lourenço, José Neto.   

Quem for surpreendido ouvindo ou dançando funk e rap nas ruas, neste carnaval, vai ter que desligar o som ou pode até parar na delegacia por crime de desobediência. A pena, nesse caso, é de até seis meses de cadeia. 

“Não era necessário tudo isso, proibir”, disse uma mulher. 

“Algumas pessoas que não gostam. Então, uma não vai pode estragar a alegria das outras”, observou um rapaz.

Fonte: http://g1.globo.com/jornaldaglobo/0,,MUL1487682-16021,00-FUNK+E+RAP+ESTAO+PROIBIDOS+EM+CARNAVAL+DE+CIDADE+MINEIRA.html 

12/02/2010 – 01h34 – Atualizado em 12/02/2010 – 02h27

Prefeito de cidade mineira proíbe funk e rap no carnaval

Decisão foi tomada com apoio da Polícia Militar e da Justiça.

Medida pretende resgatar as marchinhas tradicionais.

Do G1, com informações do Jornal da Globo

O prefeito de São Lourenço, no sul de Minas Gerais, proibiu foliões de ouvirem funk e rap neste carnaval. Quem desafiar a ordem pode parar na cadeia. José Neto, prefeito e dono de um dos maiores hotéis da cidade, proibiu canções que incitem a violência ou o desrepeito às autoridades.

A decisão foi tomada com apoio da Polícia Militar e da Justiça. Um dos objetivos é resgatar as marchinhas tradicionais do carnaval.

“São movimentos de massa muito condensados, que exigem uma estrutura melhor de coordenação, controle e segurança, que uma festa pública como o carnaval não nos permite adotar”, diz o prefeito.

Quem for surpreendido ouvindo funk ou rap durante os dias de folia vai ter que desligar o som, ou vai parar na delegacia por cime de desobediência. O crime pode render até seis meses de prisão.

Fonte: http://g1.globo.com/Carnaval2010/0,,MUL1487458-17812,00-PREFEITO+DE+CIDADE+MINEIRA+PROIBE+FUNK+E+RAP+NO+CARNAVAL.html

Written by lde

fevereiro 14, 2010 at 6:59 am

%d blogueiros gostam disto: